CAMPANHA EDUCAÇÃO BÁSICA

Na educação básica, sindicato patronal propõe dura mudança na Convenção Coletiva

A Campanha Salarial na Educação Básica segue até 28 de março. Todas as cláusulas das convenções coletivas de trabalho dos professores e auxiliares serão prorrogadas neste prazo. No entanto, o sindicato patronal, o Sieeesp, apresentou em uma das rodadas de negociação uma dura ‘pauta’ de reivindicações, que propõe um verdadeiro corte de direitos assegurados pela Convenção.

O Sieeesp parece esquecer que as convenções coletivas, ao longo de vinte anos, foram negociadas e aprimoradas justamente para garantir as relações de trabalho nas escolas. São direitos garantidos para professores e auxiliares que se sobrepõem às leis da reforma e garantem previsibilidade para a escola também.

O QUE ESTÁ EM JOGO NESTA CAMPANHA?

A ‘proposta’ patronal tem endereço certo: querem aplicar a ‘reforma’ trabalhista na nossa Convenção Coletiva. Querem ver você fraco, estrangular o seu sindicato. 

Defender nossa convenção quer dizer, também, defender nossa união no Sindicato. Nossa força como categoriaFonte: http://fepesp.org.br/educacao-basica/noticias/na-educacao-basica-sindicato-patronal-propoe-dura-mudanca-na-convencao-coletiva